Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Hungria: Primeiro-ministro rejeita condições do FMI para empréstimo

Lusa

  • 333

Budapeste, 06 set (Lusa) - A Hungria não vai aceitar um empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da União Europeia (UE) com as condições impostas pelas duas instituições, declarou hoje o primeiro-ministro, Viktor Orban, na sua página no Facebook.

"A esse preço (...) e dessa forma, não. Não precisamos de uma garantia financeira", indicou num vídeo divulgado na referida página, em alusão a um empréstimo de 15 mil milhões de euros que a Hungria está a negociar com o FMI e a UE.

Orban fez referência a uma lista de condições, publicadas hoje no jornal Magyar Nemzet, próximo do poder, incluindo uma baixa de impostos, dos abonos destinados a famílias, de subvenções aos transportes e a supressão de uma taxa que incide sobre os bancos.