Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Human Rights Watch pede à Tailândia para não deportar refugiados da etnia rohingya

Lusa

  • 333

Banguecoque, 03 jan (Lusa) - A Human Rights Watch (HRW) pediu hoje ao Governo da Tailândia para parar com o processo de deportação das 73 pessoas da etnia rohingya que alcançaram a costa tailandesa numa viagem com destino à Malásia para pedir asilo político.

As autoridades tailandesas intercetaram, no dia 01, nas costas da província de Phuket, no oeste da Tailândia, uma embarcação com 73 passageiros a bordo, entre os quais 20 crianças.

A Marinha da Tailândia forneceu combustível ao barco para que pudesse prosseguir a sua viagem rumo à ilha malaia de Langkawi, bem como comida, água e outros bens aos passageiros sob a condição de permanecerem na embarcação durante o abastecimento.