Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

HRW pede a Obama que pressione México no plano do respeito pelos direitos humanos

Lusa

  • 333

Washington, 29 abr (Lusa) -- A Human Rights Watch (HRW) instou hoje o Presidente norte-americano, Barack Obama, a pressionar o seu homólogo, Enrique Peña Nieto, na sua visita ao México, para que este reveja a sua estratégia, respeitando os direitos humanos.

Numa carta enviada hoje a Obama, a que teve a agência Efe teve acesso, o diretor da organização não-governamental para as Américas, José Miguel Vivanco, pede um claro sinal de apoio aos direitos humanos no México por parte do Presidente norte-americano, durante o encontro que manterá com Enrique Peña Nieto na próxima quinta-feira.

"Esta visita oferece uma excelente oportunidade para acabar com o silêncio dos Estados Unidos sobre esta matéria e para expressar preocupação relativamente aos problemas de direitos humanos do México e o seu apoio a uma nova estratégia", refere Vivanco, na missiva, realçando que o respeito pelos direitos humanos é uma "componente essencial e não um obstáculo para a melhoria da segurança pública".