Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Hotéis e habitação em quatro hospitais de Lisboa para financiar Todos-os-Santos - Câmara

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jul (Lusa) -- O vice-presidente da Câmara de Lisboa, Manuel Salgado, disse hoje que a intervenção na Colina de Santana, nomeadamente nos hospitais dos Capuchos, Miguel Bombarda, São José e Santa Marta, visa financiar a construção do Hospital de Todos-os-Santos.

A Estamo, imobiliária de capitais exclusivamente públicos e detida pela Parapública, entregou à Câmara de Lisboa vários projetos que preveem a conversão daqueles quatro hospitais em espaços com valências hoteleiras, de habitação, comércio, estacionamento e lazer.

Em declarações à agência Lusa, o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Manuel Salgado, recordou que há cerca de quatro anos o Ministério da Saúde (na altura liderado por Ana Jorge) demonstrou vontade de transferir os hospitais da Colina de Santana para um novo hospital na zona oriental de Lisboa, o Hospital de Todos-os-Santos.