Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Hospital de Braga "refuta veemente" que doentes anestesiados "corram riscos"

Lusa

  • 333

Braga, 28 mai (Lusa) - O Hospital de Braga "refuta veementemente" as denúncias do Sindicato Independente dos Médicos (SIM), que afirmou que os doentes anestesiados naquele hospital "correm riscos", e assegura que as regras de organização do trabalho médico são "escrupulosamente" cumpridas.

Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, o Hospital de Braga, dirigido pelo Grupo Mello Saúde numa Parceria Publico Privada, afirma ainda que a qualidade dos serviços prestados aos utentes são um "pilar" da atividade da unidade hospitalar.

Na segunda-feira, em conferência de imprensa a propósito da greve dos médicos anestesistas do Hospital de Braga, marcada para quinta-feira e sexta, o SIM avisou que os doentes anestesiados no Hospital bracarense "correm riscos" pelo "excesso" de recurso a médicos "tarefeiros".