Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Homem condenado por enviar 3.000 mensagens a colega de trabalho da mulher

Lusa

  • 333

Porto, 19 nov (Lusa) - A Relação do Porto confirmou uma decisão dos Juízos Criminais da mesma cidade, condenando um homem que mandou 3.060 mensagens de telemóvel, algumas "de caráter ofensivo", a um engenheiro que manteve um encontro profissional com a sua mulher.

De acordo com uma decisão da Relação conhecida hoje pela Lusa, o homem foi condenado a multa de 4.000 euros pela prática de um crime de perturbação da paz e do sossego, consumado entre 18 de julho de 2008 e 27 de julho do ano seguinte.

O tribunal "não deixou de considerar, como circunstância agravante, o caráter muitíssimo persistente e reiterado da conduta do arguido", assinalou o tribunal de recurso, ao confirmar a decisão de primeira instância.