Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Homem condenado a 16 anos de prisão por matar a mulher em Carnide

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 nov (Lusa) - O homem que confessou em tribunal ter matado a mulher, com cerca de 30 anos, com uma faca no restaurante onde esta trabalhava na freguesia de Carnide, em Lisboa, foi hoje condenado a 16 anos de prisão.

O crime foi cometido por Manuel António Borges Martins, de 35 anos, a 02 de fevereiro último por razões passionais. O homem estava acusado de um crime de homicídio qualificado, com uma moldura penal de 12 a 25 anos de prisão.

Na leitura do acórdão, que decorreu esta tarde na 1.ª Vara Criminal no Campus da Justiça, em Lisboa, a presidente do coletivo de juízes explicou que a pena aplicada teve em conta o facto de o arguido ser analfabeto, não ter antecedentes criminais, estar integrado socialmente até ao dia do homicídio e de ter confessado integral e sem reservas o crime.