Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Habitação Social: Amadora despeja pessoas que não apresentaram documentação porque tinham outras opções

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 jul (Lusa) -- A Câmara da Amadora tem registado casos de pessoas que não apresentam documentação para terem rendas a preço técnico quando têm rendimentos para pagar a preços de mercado.

No seminário sobre a revisão do regime de renda apoiada, a decorrer em Lisboa, chefe de divisão da habitação, Telma Correia, admitiu processos de "20/30 fogos devolvidos" em situações em que as pessoas solicitam habitação social sem apresentar documentos, que se fossem mostrados provavam a possibilidade de outra "opção habitacional".

O preço técnico é calculado segundo o preço real do imóvel. A responsável testemunhou as dificuldades na atualização documental das rendas por parte dos mais de 700 fogos que tiveram aumento.