Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Há "deficiências graves" no controlo das ajudas pagas aos agricultores portugueses - Tribunal de Contas Europeu

Lusa

  • 333

Bruxelas, 06 nov (Lusa) -- O Tribunal de Contas Europeu (TCE) apontou "deficiências graves" nos controlos feitos, em Portugal, às ajudas pagas aos agricultores com verbas comunitárias, mas considerou "eficaz" a supervisão na área da coesão, num relatório hoje divulgado em Bruxelas.

O Relatório Anual do Tribunal de Contas Europeu sobre a execução do orçamento da UE relativo ao exercício de 2011 realça, no capítulo relativo às ajudas diretas à agricultura, que a avaliação feita pela Comissão Europeia "contém uma reserva respeitante a deficiências graves existentes nos SIGC (Sistema Integrado de Gestão e de Controlo) da Bulgária e de Portugal".

Recorde-se que Portugal tem sido obrigado a devolver verbas recebidas de Bruxelas destinadas à agricultura por causa de deficiências detetadas no SIGC.