Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guiné-Bissau precisa de mais apoio da comunidade internacional, diz Ramos-Horta em Bissau

Lusa

  • 333

Bissau, 13 fev (Lusa) - O representante da ONU na Guiné-Bissau, José Ramos-Horta, considera que a comunidade internacional nunca apoiou muito o país e que é preciso que "aprenda com os erros do passado" e dê maior apoio ao povo guineense.

José Ramos-Horta chegou na madrugada de hoje a Bissau e encontrou-se esta manhã com o primeiro-ministro de transição, Rui de Barros, o primeiro de um ciclo de contactos com responsáveis guineenses, nomeadamente para apresentação de cumprimentos.

Após a reunião de cerca de 45 minutos, o novo representante das Nações Unidas afirmou-se otimista e pronto para "abrir outro capítulo" na Guiné-Bissau, embora as decisões nesse sentido tenham de partir dos guineenses.