Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guiné-Bissau: Organizações da sociedade civil congratulam-se com nomeação de Ramos Horta

Lusa

  • 333

Bissau, 01 jan (Lusa) - As organizações representativas da sociedade civil da Guiné-Bissau congratularam-se hoje com a nomeação do ex-presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, para o cargo de representante do secretário-geral da ONU no país.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, Luís Vaz Martins e Mamadu Quetá, vice-presidente do Movimento da Sociedade Civil para Paz e Democracia, afirmaram tratar-se de "uma escolha feliz e acertada" devido ao "percurso política e diplomático" de Ramos-Horta.

Os dois responsáveis entendem que o percurso de Ramos-Horta - prémio Nobel da Paz, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros e Presidente de Timor-Leste - e ainda o facto de ser uma pessoa conhecedora da realidade guineense poderá fazer com que tenha "um bom desempenho" como representante do secretário-geral da ONU na Guiné-Bissau.