Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guiné-Bissau não merece o que aconteceu na ONU - Presidente de transição

Lusa

  • 333

Bissau, 03 out (Lusa) - O Presidente de transição da Guiné-Bissau, Serifo Nhamadjo, afirmou-se hoje "muito triste" por ter sido impossibilitado de falar nas Nações Unidas e disse que o país "não merece" o que se passou na semana passada na ONU.

Serifo Nhamadjo chegou hoje a Bissau depois de ter estado em Nova Iorque, com a intenção de discursar na 67.ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas.

No entanto, quem foi credenciado para representar o país foi Raimundo Pereira, Presidente interino deposto no golpe de Estado de 12 de abril passado e que vive atualmente em Portugal.