Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guiné-Bissau: Lista de pessoas proibidas de sair do país foi anulada, diz PM de transição

Lusa

  • 333

Bissau, 04 jun (Lusa) - O primeiro-ministro do Governo de transição da Guiné-Bissau, Rui de Barros, disse hoje que foi anulada a lista de 58 pessoas que estavam proibidas de sair do país e que fora elaborada pelo Comando Militar.

O Comando Militar, autor do golpe de Estado de 12 de abril na Guiné-Bissau, emitiu em meados de maio uma ordem que proibia a saída do país de 58 pessoas, entre as quais os membros do Governo deposto e dirigentes do maior partido, o PAIGC.

Hoje, em declarações aos jornalistas, Rui de Barros disse que o governo decidiu acabar com essa lista, que "já não existe", e "quem quiser sair do país pode sair".