Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guiné-Bissau: Conselho de Segurança e União Africana exortam Comando Militar a deixar o poder

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 14 jun (Lusa) - Os conselhos de segurança da ONU e União Africana condenaram os recentes golpes de Estado na África Ocidental e exortaram o Comando Militar golpista na Guiné-Bissau a deixar o poder e a permitir eleições democráticas.

A posição conjunta foi tomada após uma reunião, na quarta-feira em Nova Iorque, sobre a situação de segurança em África em que estiveram em destaque os golpes de Estado na Guiné-Bissau e no Mali e também os combates no Sudão e a pirataria na Somália.

"Os membros do Comando Militar devem abdicar da sua posição de autoridade", refere a declaração conjunta, divulgada na última noite, em relação à Guiné-Bissau.