Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guilherme d'Oliveira Martins defende medidas de fomento ao emprego e investimento na UE

Lusa

  • 333

Bruxelas, 30 mai (Lusa) - O presidente do Tribunal de Contas defendeu hoje, em Bruxelas, uma "maior cooperação política" na União Europeia para responder à crise e preparar a recuperação económica, que passa por "medidas europeias de criação de emprego e de investimento reprodutivo".

"A resposta à crise e a preparação da recuperação económica exige absolutamente maior coordenação politica na União Europeia, reforço do método comunitário e da acção da Comissão Europeia e uma nova orientação no sentido da adopção de medidas europeias de criação de emprego e de investimento reprodutivo, dando sinais positivos aos cidadãos e confiança aos agentes económicos", disse Guilherme d'Oliveira Martins, segundo excertos da sua intervenção.

Presidindo hoje em Bruxelas à reunião do conselho diretivo do EUROSAI, a organização que integra os TC da Europa, o presidente do Tribunal de Contas salientou a importância da reunião num momento em que "se torna necessário um esforço de todos os Estados Europeus, para além da União Europeia, no sentido de unirem esforços para garantir a recuperação das condições de confiança nos mercados e nas instituições".