Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guerrilheiros bombardearam gasoduto colombo-venezuelano

Lusa

  • 333

Caracas, 10 out (Lusa) - Membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) fizeram explodir na quarta-feira uma área do gasoduto colombo-venezuelano, paralisando o abastecimento de gás natural colombiano à Venezuela.

O ataque ocorreu nas proximidades de Maicao, no departamento colombiano de La Guajira (norte do país) e danificou o Gasoduto António Ricaurte, por onde a Colômbia envia diariamente 150 milhões de pés cúbicos de gás à Venezuela.

Em comunicado, a empresa estatal Petróleos da Venezuela S.A. (Pdvsa) anunciou a ativação de um "plano de contingência com a finalidade de minimizar o impacto deste evento e manter a estabilidade do sistema elétrico nacional (venezuelano), assim como garantir também o abastecimento de gás ao resto dos utilizadores" do oeste venezuelano.