Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guarda-redes belga suspenso por três anos e sete meses no "calcio gate"

Lusa

  • 333

Roma, 16 jul (Lusa) - O guarda-redes belga do Torino Jean-François Gillet foi hoje suspenso por três anos e sete meses pela Federação Italiana de Futebol (FIGC) pelo envolvimento no escândalo dos resultados combinados no "calcio".

A acusação, formulada pela comissão de disciplina da FIGC, pedira quatro anos de suspensão para o internacional belga, que à época dos factos integrava a equipa do Bari.

Gillet foi suspenso no quadro da segunda investigação ao Bari, aberta desde há dois anos e semelhante à que foi lançada sobre o Cremona e o Nápoles.