Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guarda quer acolher Centro de Interpretação das Judiarias de Portugal

Lusa

  • 333

Guarda, 21 jun (Lusa) - A instalação de um Centro de Interpretação das Judiarias de Portugal, na cidade da Guarda, foi defendida por António Saraiva, gestor da Agência de Promoção da Guarda (APGUR), no encerramento de um ciclo de cultura judaica.

Segundo António Saraiva, a materialização do projeto seria o concretizar de um sonho "em termos pessoais e em termos de agência [APGUR]".

"Gostaríamos de o ver um dia destes materializado. Espero que seja mesmo uma realidade a muito curto espaço de tempo", referiu o responsável à agência Lusa, no final do terceiro ciclo de cultura judaica que juntou, durante dois dias, na cidade da Guarda, vários especialistas nacionais e estrangeiros.