Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grupos de direitos humanos preocupados com repatriamento de norte-coreanos

Lusa

  • 333

Seul, 30 mai (Lusa) -- Organizações de defesa dos direitos humanos e desertores da Coreia do Norte mostraram-se preocupados com o repatriamento forçado para Pyongyang de nove jovens refugiados, capturados no Laos.

O caso também gerou celeuma na Coreia do Sul, com algumas entidades a acusarem o ministério dos Negócios Estrangeiros, que até agora não comentou o assunto, de falhar no seu dever de proteger os refugiados uma vez chegados ao Laos.

A maioria dos refugiados norte-coreanos iniciam a sua fuga atravessando a fronteira para a China, tentando, a partir daí, entrar em países terceiros -- sobretudo do sudeste asiático --, onde procuram autorização para se poderem restabelecer na Coreia do Sul.