Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grupo Rangel desiste da privatização dos CTT - Presidente

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 out (Lusa) -- O Grupo Rangel, que fez uma parceria com o Montepio para concorrer à privatização dos CTT -- Correios de Portugal, desistiu da operação, disse hoje à Lusa o presidente, Eduardo Rangel.

O Governo aprovou hoje, em Conselho de Ministros, a venda de "até 70% do capital social" dos CTT através de duas operações: uma Oferta Pública de Venda (OPV) e a "venda direta a um conjunto de instituições financeiras, que ficam obrigadas a proceder à subsequente dispersão das ações nos mercados de capitais".

"Só nos interessava a privatização se tivéssemos o controlo da empresa; sem uma posição de controlo, não vamos", disse à Lusa o presidente do Grupo Rangel.