Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grupo próximo da Al-Qaida reivindica duplo atentado suicida em Beirute

Lusa

  • 333

Beirute, 19 nov (Lusa) - Um grupo considerado próximo da rede terrorista Al-Qaida reivindicou "um atentado suicida duplo" perpetrado hoje, em frente à embaixada do Irão em Beirute, que causou pelo menos 23 mortos.

"Trata-se de um duplo atentado para o qual dois dos nossos heróis, sunitas do Líbano, caíram como mártires", escreveu na rede social de mensagens instantâneas Twitter Sirajeddin Zreikat, identificado como responsável das Brigadas Abdallah Azzam, nome do fundador da Al-Qaida.

Os atentados suicidas duplos e simultâneos são uma marca operacional da Al-Qaida.