Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grupo de jornalistas divulga carta aberta "Pelo jornalismo, pela democracia"

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) - Um grupo de jornalistas, entre os quais Diana Andringa e Adelino Gomes, divulgaram hoje uma carta aberta, intitulada "Pelo jornalismo, pela democracia", a alertar para a crise que afeta os meios de comunicação social em Portugal.

"A crise que abala a maioria dos órgãos de informação em Portugal pode parecer aos mais desprevenidos uma mera questão laboral ou mesmo empresarial. Trata-se, contudo, de um problema mais largo e mais profundo, e que, ao afetar um setor estratégico, se reflete de forma negativa e preocupante na organização da sociedade democrática", refere a carta aberta, a que a Lusa teve acesso.

"O jornalismo não se resume à produção de notícias e muito menos à reprodução de informações que chegam à redação. Assenta na verificação e na validação da informação, na atribuição de relevância às fontes e acontecimentos, na fiscalização dos diferentes poderes e na oferta de uma pluralidade de olhares e de pontos de vista que deem aos cidadãos um conhecimento informado do que é do interesse público, estimulem o debate e o confronto de ideias e permitam a multiplicidade de escolhas que caracteriza as democracias", adianta o documento.