Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grupo de extrema-direita atacou jovem em Paris e deixou-o em morte cerebral

Lusa

  • 333

Paris, 06 jun (Lusa) -- Um jovem de 19 anos, identificado como militante de extrema-esquerda, foi violentamente agredido na noite de quarta-feira no centro de Paris por três indivíduos de extrema-direita que o deixaram em morte cerebral, informou a polícia.

Os agressores colocaram-se depois em fuga e, segundo as autoridades francesas, este ataque teve "conotação política".

O Partido de Esquerda (extrema-esquerda francesa) indicou em comunicado que o jovem foi "violentamente atacado por um grupo de militantes de extrema-direita, nomeadamente do grupo JNR [Juventude Nacionalista Revolucionária], e que se encontra em estado de morte cerebral no hospital".