Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Greve geral: Trabalhadores europeus devem unir esforços e mudar correlação de forças -- UGT espanhola

Lusa

  • 333

Madrid, 13 nov (Lusa) -- Os trabalhadores europeus devem organizar-se e unir esforços para responder à "agressão" de que estão a ser alvo e conseguir assim "mudar a atual correlação de forças" na União Europeia (UE), defendeu um dirigente sindical espanhol.

Manuel Bonmati, responsável de relações internacionais da UGT espanhola, disse em entrevista à Lusa, em Madrid, -- antecipando a greve geral de quarta-feira -- que o facto de o protesto se alargar a vários países demonstra que as políticas de austeridade "estão a afetar a todos".

"Há uma forte organização dos empresários, do capital a nível europeu e os trabalhadores têm de se organizar nesse âmbito para dar uma resposta que permita mudar a correlação de forças que existe atualmente", disse.