Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Greve dos estivadores provoca queda de 10% em Santa Apolónia e 40% em Alcântara - AGEPOR

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jul (Lusa) -- A greve dos estivadores do porto de Lisboa teve um impacto negativo em 10% no rendimento do movimento em Santa Apolónia e em 40% em Alcântara, disse hoje o diretor executivo da Associação dos Agentes de Navegação de Portugal (AGEPOR).

Em declarações à Lusa, António Belmar de Castro, da AGEPOR, lamentou que a greve dos estivadores, que deveria acabar na segunda-feira (dia 22 de julho), tenha tido "um efeito muito prejudicial" para a economia portuguesa.

A greve dos estivadores iniciou-se a 25 de junho mas, entretanto, foi entregue um novo pré-aviso que a prolongou até 19 de agosto, "por mais quatro semanas", disse à Lusa o presidente do Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul de Portugal, António Mariano.