Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grécia/Eleições: Resultados confirmam condenação de políticas impostas pela UE e FMI - PCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 jun (Lusa) - O PCP considera que o resultado das legislativas gregas de hoje "continua a representar" a "condenação" das políticas "impostas" pela União Europeia e pelo FMI, apesar de os conservadores da Nova Democracia terem obtido a maioria dos votos.

Para os comunistas portugueses, essa "condenação dos partidos responsáveis pelo programa de destruição social que está a ser imposto à Grécia" pela União Europeia e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), está "expressa na redução da percentagem obtida pela Nova Democracia e pelo PASOK em 2009 (77%) com o resultado agora obtido (cerca de 44%)".

Por outro lado, acrescenta o PCP, numa declaração escrita de Pedro Guerreiro, do Comité Central, enviada à Lusa, a "incidência institucional" dos resultados destas eleições "é profundamente distorcida pelo antidemocrático sistema eleitoral" grego.