Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grécia/Eleições: Alemanha insiste no cumprimento do programa de resgate

Lusa

  • 333

Washington, 18 jun (Lusa) - O ministro da Economia e vice-chanceler da Alemanha apelou hoje aos recém eleitos líderes gregos para que cumpram o programa de resgate negociado com a União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Não pode haver descontos, não pode haver deduções. Os objetivos acordados devem ser cumpridos", afirmou Philipp Roesler, depois de conversações que manteve hoje na Casa Branca, em Washington.

A Grécia foi resgatada duas vezes nos últimos três anos: o primeiro resgate, de 110.000 milhões de euros, foi atribuído em 2010, e o segundo, de 130.000 milhões, a que se somou um corte na dívida privada de 107.000 milhões, foi acordado já este ano.