Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grécia não exclui necessidade de novos cortes em 2014

Lusa

  • 333

Atenas, 25 out (Lusa) -- O ministro das Finanças grego, Yannis Sturnaras, não exclui que no próximo ano seja necessário impor novas medidas de austeridade, apesar de insistir que não haverá cortes "horizontais".

"Não podemos dizer que não haverá qualquer medida" perante um défice financeiro de 500 milhões de euros em 2014, defende Sturnaras numa entrevista hoje publicada pelo jornal grego Ta Nea.

O ministro insiste, no entanto, na recusa em relação a qualquer corte generalizado de pensões e salários, como também considera que não estão certos os cálculos da 'troika', que preveem que o défice de financiamento da Grécia será de cerca de 2.500 milhões de euros em 2014.