Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grécia: Farmacêuticos vão cessar colaboração com o Organismo Nacional de Saúde

Lusa

  • 333

Atenas, 26 ago (Lusa) - A Associação Nacional de Farmacêuticos da Grécia decidiu interromper, a partir de 01 de setembro, a entrega gratuita de medicamentos receitados por médicos contratados pelo Organismo Nacional de Saúde (Eopyy).

A decisão, publicada na página da internet da associação, vai causar problemas graves a centenas de milhares de pessoas, sobretudo idosos e população com rendimentos mais baixos, que a partir daquela data deverão pagar os medicamentos nas farmácias e depois pedir a devolução das comparticipações à Segurança Social.

Os farmacêuticos gregos exigem também o pagamento imediato das dívidas acumuladas pelo Eopyy, indicando que não foram pagas desde o início de junho passado.