Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grécia: Atenas arrisca-se a ter de abandonar o euro se não fizer cortes de 11.600 milhões de euros - PM

Lusa

  • 333

Atenas, 30 ago (Lusa) -- O primeiro-ministro grego, o conservador Antonis Samaras, alertou hoje para o risco do seu país perder credibilidade e ter de abandonar o euro se não fizer os cortes de 11.600 milhões de euros exigidos pela 'troika'.

Samaras, que falava perante o comité político do seu partido, a Nova Democracia (ND), defendeu a aprovação daquele pacote de medidas de austeridade que a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional põem como condição para a Grécia continuar a receber ajuda financeira.

"Estas medidas de austeridade fazem parte do plano de resgate à Grécia", explicou. "Se não as cumprirmos perdemos a nossa credibilidade e o país será em breve forçado a abandonar a zona euro", adiantou.