Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Grave situação financeira" excluída nos objetivos de gestão da Carris - TdC

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) - O Tribunal de Contas revelou que o cumprimento dos objetivos da Carris foi avaliado acima de 100%, com base em metas do contrato de gestão com o Estado para 2009-2011 que excluíam a "grave situação financeira" da empresa.

A auditoria ao desempenho da Carris realizada pelo Tribunal de Contas (TdC), hoje divulgada, refere que o contrato de gestão, assinado a 29 de maio de 2009 "entre cada um dos membros da administração da Carris e a tutela", não contemplava objetivos relativos "à grave situação financeira e de endividamento" da empresa, pelo facto de à data se encontrar em estudo a proposta de saneamento financeiro apresentada pela Carris.

Além disso, afirma que "o contrato possuía indicadores claros e definidos que permitiram a avaliação dos resultados obtidos pela gestão", mas que as metas propostas "não refletiram porém objetivos de melhoria significativa da operação da empresa", "especialmente tendo em consideração a situação perigosamente deficitária em que a mesma se encontrava".