Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grande maioria dos jovens somalis quer deixar o país -- ONU

Lusa

  • 333

Nova Iorque, Estados Unidos, 01 out (Lusa) -- A grande maioria dos jovens somalis, que representam dois terços da população, quer fugir do seu país, devastado por conflitos e miséria, indica um relatório das Nações Unidas, divulgado hoje.

Um inquérito realizado pelas Nações Unidas junto da população somali -- estimada em 9,5 milhões de pessoas -- mostra que dois terços dos jovens, com idade inferior a 30 anos, que representam 70 por cento da população, desejam abandonar a Somália.

Mais de metade da população com mais de 15 anos não trabalha, indica a ONU, apontando que a taxa de desemprego da Somália deverá ser a mais alta do mundo.