Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governos e movimento desportivo divididos quanto ao papel da AMA

Lusa

  • 333

Buenos Aires, 12 set (Lusa) - O papel da Agência Mundial Antidopagem (AMA), entre mera instância de regulação ou também prestadora de serviços, esteve no centro do debate da reunião da sua comissão executiva, em Buenos Aires.

De acordo com fontes citadas pela agência de notícia francesa AFP, o movimento desportivo e os governos, que repartem entre si o financiamento da agência, não esconderam as divergências quanto ao papel que defendem para a AMA, após 13 anos de vida.

Há vários meses que a AMA resiste ao grande desafio que lhe está a ser lançado pelo movimento desportivo, que pretende colocá-la no centro da concretização dos programas antidopagem, de modo a que se não limite a fixar as regras.