Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo terá que antecipar medidas que guardava como "reserva" -- Vítor Gaspar

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 fev (Lusa) - O ministro de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar, afirmou hoje em Lisboa que, com a revisão em baixa das previsões macroeconómicas, o Governo terá que antecipar medidas que guardava "como reserva para dificuldades orçamentais".

Vítor Gaspar defendeu "alterações profundas" no "sistema político", que não especificou, numa intervenção durante as Segundas Jornadas da Consolidação, Crescimento e Coesão' do PSD, num hotel de Lisboa.

O ministro referiu-se à revisão em baixa das projeções macroeconómicas para 2013, reiterando que estima que esta possa atingir uma revisão em baixa de 1 ponto percentual, e afirmou: "Significa que teremos que ter particular cuidado com a execução orçamental este ano e que teremos de ser capazes de executar, antecipar medidas que guardávamos como reserva para o caso de se verificarem dificuldades orçamentais", afirmou o ministro.