Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo satisfeito com flexibilização de cofinanciamento para a PAC

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 set (Lusa) - O secretário de Estado da Agricultura mostrou-se hoje satisfeito com a "flexibilização" da taxa de cofinanciamento do programa de desenvolvimento rural alcançada no acordo de terça-feira, destacando que a conclusão deste processo permitirá avançar com a reforma da PAC.

"Queremos que em 2014 haja dinheiro para o setor e para o investimento e essa é a prioridade máxima", afirmou à Lusa José Diogo Albuquerque, sublinhando que o importante era fechar as negociações "para não ultrapassar o tempo limite" e conseguir avançar com a reforma da Política Agrícola Comum (PAC) no início do próximo ano.

O governante lembrou que o grosso da reforma da PAC e das questões orçamentais já estava resolvido em junho, tendo ficado apenas algumas questões por decidir, nomeadamente as taxas de cofinanciamento, as transferências de fundos entre pilares (pagamentos diretos e desenvolvimento rural) e a degressividade (redução) das ajudas, a partir de um determinado montante.