Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo quis enganar portugueses, quanto mais depressa for derrotado melhor - PCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 jan (Lusa)- O secretário-geral do PCP afirmou hoje que os números do Banco de Portugal mostram que o Governo "quis enganar os portugueses" e defendeu que "quanto mais depressa for derrotado melhor para Portugal e para os portugueses".

Jerónimo de Sousa, que falava aos jornalistas depois de uma reunião com a CGTP que serviu para apresentar as conclusões do congresso de dezembro, considerou que "os portugueses têm razões fundas para estarem preocupados e inquietos", mas que deve haver também "um sentimento de descontentamento, indignação e luta" para "interromper esta política, e levar à demissão e derrota deste Governo".

Questionado sobre os boletim de inverno do Banco de Portugal, que aponta para a forte possibilidade de uma recessão superior a 1,9% em 2013, o líder comunista respondeu: "Alguém afirmou que o primeiro-ministro se enganou, nós não dizemos isso, nós dizemos que o primeiro-ministro quis enganar os portugueses".