Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo quer acelerar oferta de unidades cuidados continuados em Lisboa

Lusa

  • 333

Amarante, 04 set (Lusa) - O secretário de Estado Adjunto do ministro da Saúde disse hoje que o Governo vai acelerar a disponibilização de unidades de cuidados continuados na Grande Lisboa, por ser a região "mais carenciada do país".

Fernando Leal da Costa revelou que está a ser preparada uma nova portaria com os requisitos para aquele tipo de equipamentos, frisando ser "muito difícil", com a atual legislação, construir unidades de cuidados continuadas nas áreas urbanas.

Falando hoje em Amarante, onde inaugurou uma nova unidade daquele tipo, que custou mais de cinco milhões de euros, o secretário de Estado disse haver "uma grande assimetria" no número de unidades, que é mais elevado no norte do país. Fernando Leal da Costa atribuiu essa diferença "ao maior dinamismo e empreendedorismo das gentes do norte, que não têm medo de arriscar".