Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo: Portugal deve deixar clara determinação em prosseguir programa - Barroso

Lusa

  • 333

Vilnius, 05 jul (Lusa) -- O presidente da Comissão Europeia sublinhou hoje, em Vilnius, a importância de Portugal continuar a mostrar a mesma determinação na implementação do programa de ajustamento, advertindo que os mercados reagem com nervosismo a qualquer sinal que aponte no sentido contrário.

"Ainda não saímos da crise. Devemos evitar qualquer género de complacência. E a simples sugestão de que um governo que tem vindo a implementar com determinação o programa negociado com a UE e o FMI estava em risco, essa simples sugestão criou algum nervosismo nos mercados. Acho que é muito importante que toda a gente perceba isso", declarou José Manuel Durão Barroso, numa conferência de imprensa na capital da Lituânia, transmitida em Bruxelas.

O presidente do executivo comunitário, que falava numa conferência de imprensa conjunta com a presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite, em Vilnius, por ocasião do "arranque" da presidência lituana da União Europeia (no segundo semestre deste ano), ao ser questionado sobre os recentes acontecimentos na Grécia e em Portugal, comentou que, a seu ver, "é claro que a reação dos mercados se deveu ao facto de que poderia haver enfraquecimento da determinação desses países em termos de consolidação orçamental e reformas estruturais".