Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo pede crescente envolvimento das empresas no ensino e na formação

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) -- Os ministros da Economia e da Educação defenderam hoje que tanto alunos como o tecido empresarial português têm a ganhar com um crescente envolvimento das empresas, no ensino e na formação.

Álvaro Santos Pereira e Nuno Crato assinaram hoje, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, um memorando de entendimento com a multinacional alemã Siemens e a empresa Cadflow, dando luz verde ao programa "Engenharia made in Portugal".

Este programa, que, segundo o Ministério da Educação, vai ser executado já no "corrente ano letivo", pretende estimular os alunos do básico, secundário e superior a prosseguirem a sua formação académica na área da engenheira, e a dotar aqueles que já seguem essa área, de uma formação prática que lhes permita ter uma melhor integração no mercado profissional.