Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo: Parece-me que demissão de Paulo Portas não é digna - Miguel Cadilhe

Lusa

  • 333

Porto, 02 jul (Lusa) -- O antigo ministro das Finanças Miguel Cadilhe classificou hoje a demissão de Vítor Gaspar de ministro das Finanças como "muito digna", mas acrescentou ter ficado com a impressão de que a saída de Paulo Portas "não é digna".

Em declarações à margem da apresentação da edição atualizada do livro "O sobrepeso do Estado em Portugal", na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, Miguel Cadilhe lamentou que os portugueses estejam "a sofrer imenso" e que "vão sofrer ainda mais por causa deste desaire político".

Questionado sobre a possibilidade da convocação de eleições antecipadas, Miguel Cadilhe admitiu "que essa seja uma hipótese muito provável, mas o Presidente da República dirá" e acrescentou: "A demissão de Vitor Gaspar é uma demissão muito digna. A outra não sei se é, mas parece-me que não é digna".