Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo não está surdo, mas quer fazer o povo português de parvo - Arménio Carlos

Lusa

  • 333

Funchal, 06 nov (Lusa) - O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, afirmou hoje que o Governo "não está surdo" às propostas alternativas para a política de austeridade, nem à onda de contestação, mas quer fazer os portugueses de "parvos".

O dirigente sindical falava no Funchal, no âmbito da visita de dois dias que efetua hoje e quarta-feira à Madeira, que inclui plenários em diversas empresas e estruturas profissionais no âmbito da preparação da greve geral agendada para 14 novembro.

"Acho que o Governo não está surdo, as propostas são tão evidentes", disse o Arménio Carlos, salientando que em sede de Concertação Social as alternativas apresentadas até contaram com a concordância do ministro das Finanças.