Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo manda Infarmed reapreciar preços máximos dos medicamentos

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 abr (Lusa) - O Governo determinou quarta-feira que o Infarmed "deve proceder de imediato à reapreciação dos preços máximos e dos limites máximos de encargos a que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde estão autorizados a adquirir os medicamentos".

Em despacho publicado quarta-feira em Diário da República, e assinado pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Ferreira Teixeira, o Governo considera que "essa reapreciação deverá ter em consideração a recente alteração dos países de referência".

"O Infarmed deve proceder de imediato à reapreciação dos preços máximos e dos limites máximos de encargos a que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) estão autorizados a adquirir os medicamentos abrangidos pelo Decreto-Lei n.º 195/2006, de 3 de outubro, na sua redação atual", refere o mesmo despacho.