Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo: Juros da dívida em alta ligeira na sequência da instabilidade política

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 jun (Lusa) - A instabilidade no seio da coligação depois da demissão dos Ministros das Finanças, Vitor Gaspar, e do ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, estão a refletir-se numa alta ligeira dos juros da dívida soberana em Portugal.

Pelas 17:40 de Lisboa, os juros da dívida soberana portuguesa a dois anos transacionavam nos 3,504%, uma subida face aos 3,416% a que seguiam pelas 09:25 desta manhã.

Já nas maturidades mais longas, a dez anos, os juros da dívida negociavam nos 6,720%, uma subida face aos 6,477% a que transacionavam esta manhã.