Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo indiano retirou proposta que permitia a condenados irem a votos

Lusa

  • 333

Nova Deli, 03 out (Lusa) -- O governo indiano retirou controversa proposta que visava substituir uma ordem do Tribunal Supremo que impede os políticos condenados ou em prisão de se candidatarem em eleições.

A direção do Partido do Congresso decidiu quarta-feira não aprovar a polémica lei depois de uma reunião entre o chefe do governo, Manmohan Singh, e o vice-presidente do seu partido, Rahul Gandhi, segundo o canal de televisão NDTV.

O herdeiro da dinastia Nehru-Gandhi e provável candidato às eleições gerais previstas para 2014 criticou recentemente e de forma dura o objetivo do seu próprio partido.