Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo incentiva consumo e venda de gado para compensar fome no centro de Moçambique

Lusa

  • 333

Chimoio, Moçambique, 12 nov (Lusa) - Responsáveis da agricultura em Tete, centro de Moçambique, estão a incentivar a população a consumir e vender gado para suprir o défice de cereais onde há bolsas de fome, disse hoje à Lusa fonte oficial.

Américo Conceição, diretor provincial da Agricultura de Tete, disse que as condições ecológicas e climatéricas favorecem a produção pecuária nos distritos a sul de Tete, pelo que se incentiva a venda do gado, para preencher a fraca produção de cereais em Changara, Mutarara e Cahora Bassa.

"O sul (da província de Tete) tem potencial pecuário, e estamos a incentivar as pessoas a venderem o gado (bovino e caprino) para a compra de cereais, que são trazidos por comerciantes das zonas com excedentes", disse Lusa Américo Conceição, sem indicar o número de pessoas em crise.