Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo garante que Portugal vai continuar a receber bacalhau sem químicos

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 jul (Lusa) -- O Governo disse hoje que a proposta aprovada a nível europeu, na segunda-feira, sobre a introdução de polifosfatos no bacalhau prevê exceções para Portugal e contempla o fornecimento de peixe sem aqueles químicos.

Em comunicado, o secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito, explicou que o documento votado esta semana pelo Comité Permanente para a Cadeia Alimentar e de Saúde Animal da União Europeia, que contou com o voto favorável de Portugal, "inclui medidas específicas para Portugal".

"Nessas medidas está contemplado o fornecimento à indústria portuguesa de bacalhau sem polifosfatos, a possibilidade de confirmação da presença da mesma, o compromisso da Comissão [Europeia] de durante três anos acompanhar esta questão e, por último, a informação ao consumidor através da rotulagem", referiu o secretário de Estado.