Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo garante poupança de pelo menos 200 milhões em eletricidade com nova lei

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 fev (Lusa) - O Estado vai poupar cerca de 30% da fatura de eletricidade e gás, no total de 600 milhões de euros por ano, uma diminuição prevista após a publicação de um diploma do Governo que permite a contratação de empresas de eficiência energética.

Segundo o secretário de Estado de Energia, Artur Trindade, a nova legislação, a sair terça-feira em Diário da República, poderá poupar ao Estado "na parte do consumo de edifícios e iluminação pública reduções que podem atingir até 30% num universo de 600 milhões de euros", ou seja, cerca de 200 milhões de euros, abrangendo "toda a administração pública, empresas públicas, empresas municipais, municípios, freguesias, regiões autónomas, serviços desconcentrados do Estado, quartéis, hospitais ou escolas".

Artur Trindade afirmou que todo o consumo energético do Estado "vai ser objeto de uma estratégia agressiva e eficaz de diminuição da fatura", acrescentando que atualmente o setor público "gasta em energia mais de mil milhões de euros", quando se inclui os transportes.