Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo e professores negoceiam mobilidade especial sob ameaça de greve geral

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 mai (Lusa) - Sindicatos de professores e responsáveis governamentais reúnem-se hoje para negociar a proposta de mobilidade especial, com os sindicalistas a ameaçar fazer greve geral e a reafirmar que não existem docentes a mais nas escolas.

Dirigentes da Federação Nacional de Professores (Fenprof) e Federação Nacional de Educação (FNE) querem promessas do Ministério da Educação e Ciência (MEC) em como nenhum professor será colocado em mobilidade especial e prometem fazer greve caso o ministério não recue na proposta apresentada aos sindicatos no início da semana.

Uma das medidas com maior contestação é a que permite que os professores com horário zero possam ser colocados em qualquer escola do país sem a realização de concurso.