Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo do Belize considera "imperdoável" destruição de pirâmide maia

Lusa

  • 333

Guatemala, 16 mai (Lusa) -- O Governo do Belize classificou na quarta-feira de "imperdoável" a destruição parcial de uma pirâmide maia com mais de 2.300 anos, por uma empresa que arrasou parte da estação arqueológica de Nohmul para construir uma estrada.

Em comunicado, o Ministério do Turismo e Cultura do Belize considerou a destruição da estação arqueológica de Nohmul um "desprezo total pelo património cultural" do país da América Central, classificando de "cruel, ignorante e imperdoável".

O Ministério adiantou que, juntamente com o Instituto de Arqueologia do Belize, iniciou uma investigação para determinar as responsabilidades civis e penais da empresa pela destruição da ruína.