Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo diz que eletricidade teria subido 11,4% sem alterações legislativas

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) -- O secretário de Estado da Energia disse hoje no Parlamento que a subida dos preços da eletricidade teria sido este ano de 11,4% caso o Governo não tivesse controlado a subida dos custos da energia.

Artur Trindade fez hoje no Parlamento a defesa das políticas do Governo relativas ao controlo da subida dos custos da energia, explicando que o pacote legislativo introduzido desde 2011, resultante do compromisso assumido com a 'troika', permite controlar o défice tarifário nos 800 milhões de euros atuais.

"Tudo foi objeto de redução de remuneração", reforçou o governante, através de uma bateria de instrumentos legislativos, que olhou para o que o Estado pagava aos produtores por via legal em todos os setores - energias renováveis, regimes de garantia de potência, etc. Isso fez com que a subida do preço da eletricidade ficasse este ano em 2,8%", sublinhou o secretário de Estado.